Blog SistemasBr

regulamentacao-fiscal-simples-nacional

Veja como evitar problemas com a regulamentação fiscal do Simples Nacional

São inúmeros os desafios e obrigações fiscais, tributárias e contábeis que empresas dos mais variados segmentos devem encarar para se manter em dia com a legislação. Por esse motivo, empreendedores devem ficar atentos a regulamentação fiscal do Simples Nacional.

Entender as diversas tributações e leis que regem as empresas é fundamental para que o negócio esteja regularizado conforme o regime de tributação vigente e evitar problemas com a regulamentação fiscal do Simples Nacional que contempla micro, pequenas e médias empresas (MPEs) de todo o Brasil.

O desconhecimento com relação a regulamentação fiscal desse regime tributário assim como a falta de acompanhamento especializado e contínuo de um profissional para orientar o empreendedor sobre todas as obrigações tributárias e fiscais do seu negócio leva muitas empresas a pagar impostos indevidos. Isso somado à elevada carga tributária no país pode ser um impeditivo para o crescimento e, até mesmo, a sobrevivência do negócio.

No entanto, com algumas medidas simples, é possível reduzir os custos tributários da sua empresa com impostos indevidos e evitar problemas com a regulamentação fiscal do Simples Nacional.

Medidas para evitar problemas com a regulamentação fiscal do Simples Nacional

Contrate um contador confiável

Manter a contabilidade do negócio com um parceiro de confiança é peça chave para garantir a gestão contábil e fiscal eficiente da sua empresa. Um profissional de contabilidade conta com a expertise necessária para manter regularizada a situação tributária do seu negócio e poderá orientá-lo sobre obrigações que precisam ser cumpridas a fim de evitar qualquer irregularidade.

Cuidado com o impacto tributário sobre suas finanças

O empreendedor deve ficar atento com as normas tributárias e fiscais. O regime tributário do Simples Nacional pode minimizar o impacto tributário, mas não o ameniza a ponto de passar despercebido. Como as regras mudam constantemente, o empreendedor deve sempre se preocupar com a legislação vigente para não recolher impostos indevidos.

Sempre recolha seu imposto em dia

É extremamente importante estar em dia com as suas obrigações fiscais. Caso contrário, seu negócio pode passar a ter problemas com o fisco, entre eles podemos citar:

  • Impossibilidade de distribuir o lucro, já que a legislação não permite essa ação caso a empresa esteja em débito com o fisco;
  • Impossibilidade de emissão de certidões negativas, desfavorecendo o acesso à créditos bancários, financiamento e benefícios governamentais;
  • Cobrança de multas e juros elevadas.

Adote a tecnologia como aliada na gestão do seu negócio

Considerando o imenso volume de trabalho na rotina do empreendedor e as complexas obrigações tributárias, possuir soluções que facilitam o controle fiscal e tributário é de fundamental importância. Sistemas de Gestão Comercial otimizam o gerenciamento da empresa dentro das regulamentações fiscais do Simples Nacional, pois conseguem se manter atualizados com as disposições legais, fazendo cálculos automaticamente, entre outras vantagens.

Cuidado especial na emissão e recebimento dos documentos fiscais

Muita atenção na gestão dos documentos fiscais, como notas fiscais eletrônicas (NF-e), cupons fiscais eletrônicos (SAT, NFC-e e MDF-e), conhecimentos e manifestos de transportes (CT-e e MDF-e), entre outros. Deixar de emitir esses documentos e/ou não armazená-los corretamente podem trazer consequências como multas e outras sanções legais. Muita atenção também aos tipos de Documentos e Impressos Fiscais que sua empresa está obrigada a emitir.

Quer melhorar a gestão fiscal do seu negócio? Faça um diagnóstico GRATUITO da sua gestão comercial e entenda como a SistemasBR pode ajudar a sua empresa a estar em dia com a regulamentação fiscal do Simples Nacional.